grêmio enfrenta desafio de quebrar série negativa no brasileirão


Fonte: -

grêmio enfrenta desafio de quebrar série negativa no brasileirão

Repetição do pesadelo do Grêmio de 2004? O Grêmio amargou mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, desta vez para o arquirrival Internacional no clássico GreNal. Com isso, o Tricolor chegou à marca negativa de seis derrotas consecutivas na competição, igualando um feito que não traz boas lembranças para a torcida. A última vez que o Grêmio passou por uma situação similar foi no Brasileirão de 2004, um ano que terminou com o time rebaixado e na lanterna do campeonato.

A sequência negativa começou na quarta rodada, com uma derrota por 1 a 0 para o Bahia, fora de casa. As enchentes no Rio Grande do Sul fizeram o time ficar sem jogar por duas rodadas, mas na retomada a situação só piorou. Vieram derrotas para Bragantino, Flamengo, Botafogo, Fortaleza e, recentemente, para o Internacional, completando uma série de resultados desastrosos.

Segundo o site especializado em estatísticas, Sofascore, os números do Grêmio neste ano são preocupantes, especialmente no ataque. Nas últimas seis partidas, o time de Renato Portaluppi conseguiu marcar apenas dois gols, em um total de 60 finalizações. Isso dá uma média de 30 chutes para cada gol marcado, um desempenho ofensivo muito aquém do esperado para um time com a tradição do Grêmio.

Nas redes sociais, a torcida não escondeu sua insatisfação. Os principais alvos das críticas foram o técnico Renato Portaluppi e o vice de futebol Antonio Brum, ambos responsabilizados pelo péssimo momento vivido pela equipe. Os números são claros e alarmantes: seis jogos, seis derrotas, dois gols marcados e nove gols sofridos.

_ Grêmio rebaixado
Imagem: Pablo Nunes/Agência O Dia / Estadão


VEJA TAMBÉM
- Grêmio terá limite excedido de estrangeiros para competições nacionais.
- Grêmio gasta R 50 milhões de reais: nenhum volante marcador
- Salário de Matías Arezo no Grêmio: Valor e detalhes no contrato.






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

17/7/2024


























16/7/2024