Alagamento atinge parte inferior da Arena do Grêmio, campo submerso.


Fonte: -

Alagamento atinge parte inferior da Arena do Grêmio, campo submerso.

A Arena do Grêmio ainda sofre com alagamentos em Porto Alegre. Com aproximadamente um metro de água, o estádio do Tricolor tem recuperação imprevisível.

Segundo medição realizada na noite de segunda-feira (13), a casa gremista ainda apresenta entre 80 cm e um metro de lâmina de água em seu interior. As enchentes na capital gaúcha deixaram o gramado totalmente submerso. Além disso, a água atingiu toda parte inferior do estádio, como estacionamento, lojas, vestiários, sala de imprensa, zona mista, entre outros locais. Não é possível, segundo apurou o UOL, fazer qualquer tipo de previsão de recuperação do local neste momento. Só será viável uma ideia de prejuízos e processos de retomada quando a água baixar.

Arena do Grêmio atingida por enchentes no Rio Grande do Sul
Imagem: GILMAR ALVES /ASI/ESTADÃO CONTEÚDO

Quando o processo for iniciado, não bastará apenas a água ter deixado os espaços, mas também um forte processo de limpeza e avaliação do que foi perdido precisará ser feito. Pouca coisa deve ser aproveitada. O CT gremista também segue com campos submersos e sem previsão de voltar a ser utilizado. O Grêmio tem treinos suspensos por tempo indeterminado. A CBF adiou os jogos de times do Rio Grande do Sul até o dia 27 de maio. Enquanto isso, a Conmebol remarcou as partidas que tinham sido adiadas do Tricolor na Libertadores para os dias 4 e 8 de junho.

Imagem
Imagem: GILMAR ALVES /ASI/ESTADÃO CONTEÚDO


VEJA TAMBÉM
- Grêmio domina e goleia The Strongest no Couto Pereira: confira as notas.
- Grêmio domina no Couto Pereira, arrasa Strongest com golaços e renasce na Libertadores
- Onde assistir ao vivo o jogo de Grêmio x The Srongest pela Libergtadores






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

29/5/2024