1Win

VAR poderia mudar resultado de derrota do Grêmio, diz Renato após admitir superioridade rival

Renato Portaluppi critica ausência do VAR no clássico Gre-Nal e lamenta decisões que influenciaram no resultado.


Fonte: -

VAR poderia mudar resultado de derrota do Grêmio, diz Renato após admitir superioridade rival

Renato Portaluppi admitiu que a derrota do Grêmio para o Inter no Gre-Nal 441 foi por méritos do rival. Porém, o treinador não poupou críticas à ausência do árbitro de vídeo no duelo no Beira-Rio. Como em toda primeira fase do Gauchão, o clássico também não contou com auxílio da tecnologia. – Colocaram o VAR justamente para ajudar. Sem o VAR fica difícil. Com o VAR o resultado seria diferente, mesmo o Inter jogando melhor. Ninguém está tirando os méritos do Inter e do Coudet, agora esses detalhes fazem a diferença. No estadual no século 21, entendo os times do interior, muitos não têm condições, aí a Federação banca o VAR para os clubes do interior, ou deixa acertado no início do campeonato que o Gre-Nal vai ter VAR. Nada disso foi feito. O que a federação faz? Nada – disparou Renato. – Eu não sou cego, eu vi os lances, e tudo aconteceu pela falta do VAR, e vai fazer falta em qualquer grande jogo. Os times do interior não têm condições, sem problema, agora no Gre-Nal sem VAR, deu no que deu – acrescentou. O treinador reclamou especialmente de dois lances com atletas do Grêmio, de supostas faltas em João Pedro Galvão, antes do primeiro gol do Inter, e em André Henrique na reta final de jogo, quando o clássico ainda estava empatado em 2 a 2. Além, claro, do pênalti de Kannemann em Alan Patrick, que decretou a vitória colorada.

Renato em coletiva após o Gre-Nal 441 — Foto: João Victor Teixeira
Crédito: João Victor Teixeira

Além disso, Renato foi irônico ao comentar opiniões ditas durante a semana prévia ao clássico. Sobre um suposto "massacre" que o Inter aplicaria, o comandante destacou que o clássico foi de igual para igual. – Durante a semana alguns colocaram a camisa do Inter e falaram que seria um massacre. Foi um massacre? Campeonato está no meio, ninguém está tirando os méritos do Inter. Eu concordo que todo jornalista deve torcer pro clube que ele quer, mas acima de tudo tem que ser profissionais. Começar a dar opinião com o coração e não com a cabeça, é incompetência, está sendo torcedor. Eu quase pensei em jogar com dois goleiros hoje pelo massacre que alguns falaram que seria – disse Renato.

Com a derrota, o Grêmio não pode mais alcançar o rival da liderança da primeira fase do Gauchão, pois ficou cinco pontos atrás, restando uma rodada. Ao mesmo tempo, o time seguirá em segundo lugar, visto que tem quatro pontos a mais que o Guarany, terceiro colocado. O time de Bagé, aliás, é o próximo adversário, às 16h30 de sábado, na Arena.



VEJA TAMBÉM
- Grêmio ganha do Estudiantes com um a menos e conquista primeira vitória na Libertadores
- Tricolor escalado para o jogo contra o Estudiantes
- Grêmio confiante para a Libertadores, e as lesões intermináveis





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

23/4/2024


































22/4/2024