1Win

Renato prejudica time do Grêmio e compromete chance de vitória no Gre-Nal.

Renato prejudicou o desempenho do Grêmio no Gre-Nal e comprometeu as chances de vitória da equipe.


Fonte: -

Renato prejudica time do Grêmio e compromete chance de vitória no Gre-Nal.

Renato prejudicou o time do Grêmio e tirou qualquer chance de vitória no Gre-Nal. Essa, pra mim, é a real desse clássico. Simples e curto. Renato tirou um 4-1-4-1 “da cartola” pra tentar ser gênio, mas acabou não sendo nada genial. O problema não é o esquema, que era até esperado, o problema foi a forma de jogar. Quando ele coloca o Dodi na direita, numa vaga que claramente seria o Pavón, ele mata o setor direito gremista e deixa seu time sem saída pra atacar. Resultado? O Grêmio vira uma retranca e só o Inter é quem joga no primeiro tempo. A melhor saída seria o Pepê tentar o Gustavo Nunes. O que, óbvio, foi muito marcado. Como não tinha um bom centroavante e nem saída qualificada na direita, o Grêmio foi só defesa. Renato fez isso. Sejamos sinceros, não fosse o Renê ajudar, nem gol gremista teria nos primeiros 45 minutos iniciais. Na segunda etapa, melhorou. Coisas básicas como o Villa aparecer de surpresa aconteceram. Finalmente, o Gustavinho tinha pra quem jogar. Até então, dava um desespero vê-lo tendo que vencer o mundo com a bola. Quando entrou o Pavón, até o João Pedro tinha mais espaços para avançar, cortar pra dentro, tentar jogar na frente. Mas, já que falamos especificamente dos jogadores, se é fato que o Renê comprometeu de um lado, o Marquesin foi mal nos dois gols sofridos e comprometeu do outro. Olha, foram três gols iguais até agora. Primeiro o Santa Cruz e agora no Gre-Nal. Basta mirar no cantinho que não tem o que fazer. Dois gols perfeitamente defensáveis que o argentino tomou. Nós podemos (e devemos) discutir que tá fácil finalizar na frente da área, mas quando tu precisa, não tá tendo goleiro. Sim, no gol do Maurício, o erro é do Villasanti. O Villa foi quem não marcou por ali, deixou o Maurício entrar nas suas costas. No do Alario eu até acho justo aliviar pro meio. O passe foi muito talentoso. Ali, o erro foi dos zagueiros que deixaram um centroavante estilo o Alario sozinho. Erro grosso. Gente, o Kannemann cometeu um pênalti completamente maluco. Ele se jogou nas pernas do Alan Patrick. Não tem nem muito o que debater. Fez o penal claro. Caiu na perna do Alan Patrick. Começou fora e terminou dentro da área. Debater isso e não a dificuldade que o Kannemann terá de jogar sem o Geromel é se enganar que não existe um problema. Reprodução E, sim, existe um belíssimo problema. Daqueles pra entender o porquê o Rodrigo Ely não consegue jogar a bola que jogou quando estava na Europa. O lance que ele foi bem, foi justamente o que ele corrigiu após ter falhado e quase entregado gol. Eu ainda tenho expectativa no futebol dele. Só não entendendo o porquê não deslancha. Dá pra entender que ainda tem jogadores com qualidade pra entrar. Que o time foi formado no segundo tempo do Santa Cruz e que nem o Diego Costa tá à disposição ainda. Tudo dentro do previsto. O que não dá pra entender são todas estas falhas individuais e, principalmente, o porquê o Renato fez o que fez no primeiro tempo com o time. Pra mim, Renato tirou a chance de vitória.



VEJA TAMBÉM
- Tricolor escalado para o jogo contra o Estudiantes
- Grêmio confiante para a Libertadores, e as lesões intermináveis
- Grêmio perde para o Vasco em São Januário na estreia do Brasileirão





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

23/4/2024
































22/4/2024