Grêmio consegue o resultado, mas não convence a torcida

Grêmio leva sustos, mas vence Londrina na Arena e segue no G4 da Série B


Fonte: correiodopovo.com.br

A atuação deixou a desejar, mas o resultado veio para o Grêmio. Mesmo sem jogar bem, o Tricolor venceu o Londrina por 1 a 0, na noite desta terça-feira, na Arena, pela 14ª rodada e permanece dentro do G4 da Série B, com 25 pontos. Agora, são quatro pontos a mais que o Sport. No domingo, o adversário gremista será o terceiro colocado, o Bahia, na Fonte Nova, às 16h, em jogo direto pelo topo da tabela.



Com o meia Campaz como novidade na escalação e novo esquema, a equipe do técnico Roger Machado abriu o placar cedo, aos 15 minutos, em tabelamento de Diego Souza com Biel, que mandou para o fundo das redes.

A esperança de uma boa perfomance ficou por aí. A partir disso, foram momentos de susto em uma jornada insegura do goleiro Gabriel Grando em lances pelo alto. Ele falhou no gol de empate dos paranaenses, mas foi salvo pelo árbitro de vídeo, que apontou mão de Samuel Santos.

Gol cedo e instabilidade
Conforme indicou nos trabalhos durante a semana, Roger desmanchou o esquema com três zagueiros para promover a entrada do meia Campaz na articulação e ampliar a força ofensiva da equipe. O defensor Natã deixou o time. A presença do colombiano deu maior mobilidade ao Tricolor no setor ofensivo.

Os primeiros 15 minutos foram todos gremistas. Aos 14, em belo tabelamento com o centroavante Diego Souza, Biel infiltrou na área e só deslocou o goleiro Matheus Nogueira para inaugurar o placar. Bonito gol, com toques rápidos. A má notícia é que ele recebeu o cartão amarelo e está suspenso. Na sequência, o lateral Nicolas colocou na cabeça de Diego Souza, que obrigou firme defesa do arqueiro adversário.

A partir dos 20 minutos, o Grêmio se mostrou instável no campo e com os nervos aflorados e o Londrina se aproveitou. O meia Caprini encontrou o poste em finalização da esquerda, resultado de saída atrapalhada de Gabriel Grando do gol segundos antes. Em cruzamento simples de Gegê, o goleiro gremista falhou, bateu roupa e soltou a bola nos pés de Samuel Santos, que desviou para o fundo da rede. O árbitro, no entanto, contou com auxílio do VAR, que sinalizou toque de mão e irregularidade.

Salvo pelo vídeo, o Tricolor não se reencontrou no campo e tinha dificuldades para encaixar as triangulações. Os visitantes passaram a gostar do jogo e rondar a área gremista com naturalidade. O volante Villasanti recebeu cartão amarelo aos 34 minutos e também soma três cartões amarelos. Os minutos finais foram dos paranaenses rondando e gremistas tentando explorar os contragolpes sem sucesso e com decisões erradas no ataque. Aos 44, o atacante Douglas Coutinho finalizou com perigo da entrada da área e deu o último susto da primeira etapa.

Pouca inspiração
No intervalo, o volante Lucas Leiva recebeu os aplausos dos torcedores no gramado. O Grêmio voltou sem mudanças para o segundo tempo. Já o Londrina promoveu as entradas de Mirandinha, Matheus Lucas e Dudu nas vagas de Eltinho, Douglas Coutinho e Alan Ruschel.

A insegurança de Grando avançava junto dos minutos. Em bola na área, ele dividiu com o atacante e não conseguiu segurar a bola. Na sobra, o atacante Matheus Lucas empurrou para o fundo da rede. Havia impedimento no lance. O goleiro apareceu bem aos 8 minutos. Gegê soltou a bomba de longe e ele espalmou em bela defesa.

Aos 11 minutos, o Tricolor deu trabalho para Matheus Nogueira. Diego Souza deu ajeitada para o meio e Bitello bateu no capricho. Goleiro defendeu no estilo. O arqueiro adversário novamente evitou o segundo gol aos 15 minutos. Janderson deu chute mascado e ele espalmou. Na sobra, Diego Souza de esquerda bateu fraco nas mãos do goleiro. Aos 17, o atacante Matheus Santos tocou de cabeça e tirou tinta do poste.

O jogo foi ficando franco, com chances de lado a lado, mas perdendo bastante em qualidade e organização. Roger promoveu suas primeiras alterações: Elias e Gabriel Silva nas vagas de Janderson e Campaz. Aos 35, o goleiro Grando quase falhou. Ele saiu do gol e não achou nada, mas Saimon desviou de cabeça pela linha de fundo. Elias encontrou a trave em chute colocado da entrada da área aos 42 minutos. Na reta final, Lucas Silva foi ao campo no lugar de Bitello e não houve tempo para mais nada. Mesmo sem convencer, Tricolor vence e segue no G4.

Brasileirão Série B - 14ª rodada
Grêmio 1

Gabriel Grando; Rodrigo, Geromel, Bruno Alves e Nicolas;, Villasanti (Sarará), Bitello (Lucas Silva) e Campaz (Gabriel Silva); Janderson (Elias), Diego Souza e Biel (Emerson). Técnico: Roger Machado.

Londrina 0

Matheus Nogueira; Samuel Santos (Augusto), Saimon, Gustavo Vilar (Denilson) e Eltinho (Dudu); João Paulo, Jhonny Lucas, Caprini e Gegê; Douglas Coutinho (Mirandinha) e Alan Ruschel (Matheus Lucas). Técnico: Adilson Batista.

Gols: Biel (14min/1°T)
Cartões amarelos: Biel, Gabriel Silva e Villasanti (Grêmio) Eltinho (Londrina)
Arbitragem: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Luanderson Lima dos Santos (BA).
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Data e hora: 28 de junho, terça-feira, às 19h.
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS).
Público: 11.791 torcedores.



Grêmio, 2022, Série B

VEJA TAMBÉM
- Talvez a derrota tenha sido boa - Denis Abrahão revolta os torcedores com nova declaração controversa
- Parte da torcida gremista não perdoa derrota para o CRB e volta a pedir a cabeça do técnico após 17 jogos de invencibilidade
- Grêmio terá apenas 2 zagueiros de ofício disponíveis no elenco para o duelo contra o Cruzeiro





Comentários



Ricardo baroni     

Time sofrido

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

14/8/2022











13/8/2022






PROVÁVEL ESCALAÇÃO - 16:23 (0)

Veja o provável Grêmio para o jogo de logo mais