"Com esse clima é mais difícil" - Edilson se junta à Elias para pedir menos vaias das arquibancadas

Na vitória diante do Sampaio Corrêa, no último sábado, jogadores como Diogo Barbosa e Thiago Santos foram vaiados


Fonte: globoesporte.com

O Grêmio venceu o Sampaio Corrêa no último sábado e voltou ao G-4 da Série B. Os mais de 30 mil torcedores presentes na Arena, porém, não ficaram totalmente satisfeitos com o desempenho do time e vaiaram alguns jogadores em vários momentos. Após a partida, Edilson foi às redes sociais, reprovou a postura, defendeu os companheiros e pediu mais apoio dos gremistas.



Jogadores como Diogo Barbosa e Thiago Santos foram alvos de vaias de torcedores presentes na Arena. Um dos líderes do grupo e que estava presente no estádio, o lateral-direito do Tricolor defendeu os colegas e criticou o comportamento vindo das arquibancadas.

– Como todos vocês (torcedores), eu (Edilson) também estava no jogo hoje (sábado), fiquei feliz com a vitória, mas não poderia deixar de expressar um sentimento que eu tive assistindo o jogo. Sei que a torcida está magoada por tudo que aconteceu ano passado. Sei que precisamos melhorar para colocar o Grêmio onde ele merece e todos nós estamos trabalhando muito para que isso aconteça. Mas hoje ocorreram muitas vaias para alguns companheiros. Quando se vaia um jogador, todos ali sentem – afirmou o lateral.

– Eu queria dizer que esse é o momento de nós jogadores, torcedores, diretoria, nos unirmos cada vez mais, para que possamos colocar o Grêmio onde merece. Pode ter certeza que com essas vaias e esse clima as coisas vão se tornar mais difíceis. Então queria pedir ao torcedor que cada vez mais nos apoiasse – acrescentou.

Edilson foi diagnosticado na última semana com uma lesão grau dois no músculo posterior da coxa direita. É a segunda lesão muscular do latera desde que voltou ao Grêmio, uma em cada coxa, e ele volta a ser desfalque na sequência da Série B.

O clube não divulgou um prazo para a recuperação do lateral-direito, mas da outra vez a lesão muscular era de grau um e Edilson ficou mais de um mês afastado dos gramados. Contra o Sampaio Corrêa, Roger não teve um jogador da posição disponível e improvisou Jhonata Varela na ala.

Com o resultado de sábado e o empate do Sport com o Náutico, o Grêmio ingressou no G-4 da competição. Agora, o Tricolor ocupa a quarta posição da tabela com 21 pontos somados, um na frente do time pernambucano. O próximo rival é o CSA, na quinta-feira.



VEJA TAMBÉM
- Confira a provável escalação do Grêmio para o jogo diante do Bahia
- Confira a agenda do Grêmio em julho
- Veja como foi o treino do Grêmio desta quinta-feira (30/06)





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/6/2022


AGENDA DE JOGOS - 18:58 (0)

Confira a agenda do Grêmio em julho





















29/6/2022